Proteção à Distância

Compartilhe

As portarias remotas são uma solução para aumentar o nível de segurança e aliadas em tempos de prevenção da saúde

Fotos: Daniel Zimmermann

Neste período de pandemia, síndicos e moradores de condomínios vêm buscando alternativas para reduzir o risco de contaminação. Uma das alternativas mais utilizadas é diminuir o fluxo de pessoas e funcionários. Mas, como fazer isso sem comprometer a segurança e bem-estar dos moradores?

Uma das soluções, já adotada por vários condomínios, é a Portaria Remota. A ideia de um porteiro que fica de olho na entrada do condomínio 24 horas por dia, sem presença física no local, é realidade com um sistema engenhoso e prático.

Kleiton Finger e Jociel Boll , sócios-proprietários da Protec, empresa especializada em portaria à distância e monitoramento eletrônico, explicam que “é o emprego da tecnologia para elevar a segurança do condomínio e dar melhores condições de trabalho para os porteiros profissionais”. Nesse período de cuidados intensos com a higiene e a saúde, Kleiton Finger reforça que “o conceito de portaria e gerenciamento de acesso remoto mantém a segurança do condomínio sem a necessidade de um profissional in loco. Com o emprego das tecnologias, o contato físico entre moradores e funcionários não é necessário. Em alguns casos, também não existe a necessidade do contato com as portas do condomínio, pois as portas abrem e fecham automaticamente (são automatizadas)”. O acesso sem qualquer contato com equipamentos também é possível com o fornecimento de TAGs e aplicativo para celular, com possibilidade de envio de convites para os visitantes.

A Microbiologista e Auditora do INMETRO, Ana Maria Blosfeld, residente do Edifício Beverly Hills, que possui portaria remota Protec, atribui o aumento do nível de segurança e a redução de custos às principais funcionalidades desse sistema. “A segurança do condomínio, aliada a uma redução dos custos com portaria, pode ultrapassar os 70%”, acrescenta Kleiton.

Ana Maria destaca ainda, que nesse período de pandemia, o sistema de entregas e correspondências no seu condomínio sofreu alterações. “Somente o Condômino poderá receber suas encomendas e correspondências, direcionando-se à entrada principal do Edifício, recebendo sua encomenda na parte externa do hall de entrada. Como já é política do Edifício, nenhum entregador pode entrar ou circular no hall interno, nas áreas sociais e dirigir-se até o apartamento do Condômino para entregas. E em tempos de pandemia, estas determinações devem ser seguidas rigorosamente para a proteção de todos”. A certeza de que somente pessoas autorizadas estão transitando dentro do condomínio, e que os procedimentos impostos pela administração estão sendo seguidos junto com a comodidade de ter um profissional treinado 24 horas à disposição, integram a prestação dos serviços da Protec, acrescenta Kleiton.

Além disso, os moradores tem ainda a possibilidade de controlar os acessos a sua residência à distância por meio do App.

“O App, sistema que agrega o conceito de casa conectada e cuidados com a saúde, dá a possibilidade de acesso às entradas principais do condomínio, como portas do hall e portões de garagem, assim como das câmeras das entradas principais. Desta forma, diminui o número de objetos que você tem que manipular, uma vez que tudo fica concentrado no celular, e nesses tempos de pandemia são menos objetos para se preocupar em higienizar”

Kleiton Finger

Protec Proteção e Tecnologia

Compartilhe

Leia também